CORITIBA FOOT BALL CLUB

160x600 Escudo Errado Não
Elenco - Matheus Galdezani

01/09/2014 18:17:00 ( atualizada em 01/09/2014 18:22:35 )

Crocodiles tem nova vitória

Crocodiles tem nova vitória Foto: Dayane Wosch
Seu Nome:
Seu Email:
Mensagem:
Digite o que vê nas imagens abaixo?

Na estreia do novo uniforme branco, o Coritiba Crocodiles venceu bem o Rednecks por 44 x 00

No último sábado (30), o Coritiba Crocodiles viajou para Goiânia para enfrentar o Rednecks, em jogo válido pela segunda rodada da Superliga Nacional. Num jogo com excelente público, o Crocodiles não deu chances ao time da casa e venceu por 44 x 00 e chegou a sua segunda vitória no campeonato nacional. Já o novato Rednecks, amargou sua segunda derrota.


Foto: Dayane Wosch

Pela primeira vez na competição nacional, o time de Goiânia organizou um belo evento, aproximadamente 1.000 pessoas estiveram nas arquibancadas. Apesar do forte calor e tempo seco, atletas do Crocodiles souberam controlar o jogo e pressionar o ataque adversário, conseguindo um ótima vitória fora de casa. A vitória marcou também a estreia do novo uniforme branco do crocodiles, após as camisas comemorativas dos 10 anos do Crocodiles serem aposentadas após 26 jogos e 26 vitórias. "A camisa dos dez anos foi aposentada invicta, foram três títulos, dois paranaenses e um brasileiro, além de muitas histórias para o Croco", disse Gerard Kaghtazian Junior, presidente do Coritiba Crocodiles. 

Com um início muito forte, a defesa do Coritiba pressionou e recuperou a bola com o #43 Luvas na segunda jogada da partida. Após um fumble do QB adversário, o Linebacker alviverde foi rápido na jogada e garantiu a posse ao Croco. "Quando eu vi que o QB deles não segurou o snap, fui direto na bola e pude pega-la", disse Felipe Luvas.

Com a bola na linha de 30 jardas, o ataque do Croco não perdeu tempo e logo pontuou, abrindo o placar do jogo. Passe do #5 Naldino para o #81 Pozzi - Ponto extra convertido pelo #3 Sant'Anna- 07 x 00.

A defesa do Croco manteve o ritmo forte e pressão sobre o ataque adversário, forçando punts e devolvendo a bola para o ataque alviverde, que ainda no primeiro quarto de jogo anotou mais um TD. Passe #5 Naldino para #81 Pozzi - Ponto extra convertido pelo #3 Sant'Anna - 14 x 00.


Foto: Dayane Wosch

Apesar do horário de início de jogo às 18 horas, o calor estava intenso, isso fez com que o ataque do Croco controlasse o jogo com jogadas de corrida e passes, gastando o cronômetro e garantindo o placar. NO segundo período do jogo, o Croco voltou a pontuar. Dessa vez através de uma corrida pelo meio com o #32 Alexandre - Ponto extra bloqueado - 20 x 00.

Com o reinício do jogo no terceiro período, o Croco voltou com uma campanha longa e produtiva, resultando em mais um TD no jogo. Corrida do QB #2 Vidal pelo lado esquerdo - Ponto extra errado - 26 x 00.

No último quarto de jogo, o Coritiba mostrou que esta bem fisicamente e anotou por três vezes. Aos 3 minutos, o DE #80 Joe pressionou pelo lado direito e conseguiu derrubar o QB adversário dentro da end zone, anotando o safety e garantindo 2 pontos a mais para o Croco - 28 x 00. Na sequência, aos 6 minutos, TD com passe #2 Vidal para #10 Gutz - Conversão de 2 pontos bem sucedida no passe do #2 Vidal para #81 Pozzi - 36 x 00. Já no último minuto de jogo, mais um TD. Corrida do #37 Chuck pela esquerda - conversão de 2 pontos bem sucedida na corrida do #32 Alexandre - 44 x 00.

Final de jogo em Goiânia, Coritiba Crocodiles volta para o sul com mais uma vitória em busca do inédito bi campeonato nacional. Na próxima rodada da Superliga Nacional, o Crocodiles recebe o Cuiabá Arsenal em Curitiba no dia 14 de setembro no clube imperial. Será um grande jogo entre dois campeões brasileiros.


Foto: Dayane Wosch

Com informações Coritiba Crocodiles