CORITIBA FOOT BALL CLUB

160x600 Escudo Errado Não
Elenco - Walisson

03/10/2017 18:42:00 ( atualizada em 04/10/2017 09:33:31 )

Gols emblemáticos na classificação para a final

Gols emblemáticos na classificação para a final
Seu Nome:
Seu Email:
Mensagem:
Digite o que vê nas imagens abaixo?

Classificação para a final veio com gol de Thalisson Kelven, recuperado de lesão, e de Gustavo Mosquito, artilheiro do Brasileirão Sub-20

A histórica classificação do Coritiba Sub-20 para a grande final do Brasileirão da categoria nesta tarde de terça-feira (03) contou com dois gols de autores que carregam consigo histórias distintas, mas especiais. O primeiro foi do zagueiro Thalisson Kelven, enquanto o segundo foi do atacante Gustavo Mosquito.

O primeiro gol do Coxa na partida marcado ainda no primeiro tempo foi do zagueiro Thalisson Kelven. O garoto de 19 anos, viveu um roteiro recheado de emoções há exatos dois meses. O defensor foi escolhido por Marcelo Oliveira para iniciar a partida contra o São Paulo no Morumbi. Mas quis o destino que com apenas cinco minutos ele sentisse uma lesão muscular. Ele deu lugar a Romércio, que hoje atuou ao lado de Kelven no sistema defensivo.

Ainda no intervalo, minutos depois de marcar o primeiro gol do Coxa ele falou desse retorno aos campos com gol. “Aquele jogo acabei saindo triste pelo o que aconteceu comigo. Mas retornei justamente hoje e tive essa felicidade de fazer o gol”, disse Thalisson Kelven.

Artilheiro brilha e faz mais um no Brasileirão

Já o segundo gol do Coxa na vitória contra o São Paulo foi de Gustavo Mosquito. Artilheiro da competição, o atacante marcou nesta tarde seu nono gol no torneio. Mosquito está no Coritiba desde os nove anos de idade e é um dos símbolos dessa geração que alcançou grandes resultados desde a categoria Sub-15.

Ao final da partida, ele comentou sobre seu duelo individual com o goleiro são paulino, Lucas Paes, nesta tarde. No primeiro tempo, o camisa um do tricolor paulista evitou o gol de Mosquito em duas grandes jogadas, mas na etapa complementar não teve jeito. “No primeiro tempo o Lucas foi feliz, foram dois chutes bem colocados e ele buscou. No segundo tempo ele não conseguiu chegar”, disse.

“Agora é hora da final, independentemente do adversário nós sabemos que vai ser difícil então não tem nada de escolher”, complementou o artilheiro do Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2017.

Foto: Ruben Chiri / SPFC