CORITIBA FOOT BALL CLUB

Skyscraper Fim do Boleto
Elenco - Wilson

06/08/2013 14:52:02

Perspectiva positiva

Perspectiva positiva
Seu Nome:
Seu Email:
Mensagem:
Marque a opção abaixo

Mesmo com resultado adverso, Coxa segue forte em busca de grandes objetivos no Brasileirão

Após 11 rodadas, o Coritiba acabou perdendo a invencibilidade no Campeonato Brasileiro. Atuando contra o agora líder do Brasileirão, Cruzeiro, fora de casa, e com cinco desfalques, o Alviverde mostrou um futebol consistente e mesmo com o placar mínimo adverso, o técnico Marquinhos Santos vislumbra um time forte para seguir brigando por grandes objetivos no torneio.

Apesar da derrota ter custado o segundo lugar no Brasileirão, a postura da equipe diante do Cruzeiro deixou a certeza de que o time coxa-branca tem totais condições de colher bons frutos no final do campeonato. O Coxa sofreu o gol na primeira etapa. “Vejo que estivemos mais próximos do empate do que o adversário de ter ampliado”, avaliou o técnico Marquinhos Santos. “Fica a frustração pelo resultado, pois pelo que apresentamos sabemos que poderíamos ter saído do Mineirão com um resultado melhor”, emendou.

A boa apresentação longe de casa deixa a perspectiva de um bom futuro. “Acredito que o que o grupo demonstrou hoje, com alguns desfalques importantes, nos dá um alento de que podemos continuar na busca por grandes objetivos dentro da competição”, disse o treinador em relação ao futuro.

Sem contar com jogadores importantes e titulares da equipe, com Junior Urso, Alex e Deivid, o Coxa assustou o Cruzeiro. Foram várias situações de gol criadas pelo Verdão, que em momento algum deixou de agredir os mineiros. O atacante Keirrison chegou a acertar uma bola na trave no segundo tempo. “O Cruzeiro fez o gol na primeira etapa, tivemos um lance parecido no segundo tempo com o Robinho e o Keirrison. Eles acertaram uma bola na trave e a gente também”, comparou Santos.

Na próxima rodada o Coxa volta a jogar longe de casa, quinta-feira (08), em Porto Alegre, diante do Grêmio, pela 12ª rodada da competição. “É uma competição muito difícil e equilibrada, mas sabemos que o trabalho que vem sendo feito pode nos dar bons frutos lá na frente”, finalizou o treinador coxa-branca.