CORITIBA FOOT BALL CLUB

Skyscraper Fim do Boleto
Elenco - Diogo Mateus

11/08/2013 16:20:00 ( atualizada em 24/08/2013 16:26:13 )

Coxa perde para o Vasco

Coxa perde para o Vasco
Seu Nome:
Seu Email:
Mensagem:
Marque a opção abaixo

Alviverde acabou derrotado pelo placar mínimo. Apesar do revés, Coritiba segue em terceiro no Brasileirão

O Coritiba conheceu sua primeira derrota dentro do Couto Pereira. Na tarde deste domingo (11), o Alviverde acabou derrotado pelo Vasco pelo placar de 1 a 0. Apesar do revés, o Coxa segue na terceira colocação do Brasileirão, com 23 pontos, dois a menos que Cruzeiro e Botafogo e que dividem a liderança.

O técnico Marquinhos Santos reconheceu que a equipe não esteve bem diante do Vasco, mas lembrou que não há tempo para lamentação.  ”O campeonato está muito equilibrado, perdemos três pontos importantes hoje, que teremos que recuperar fora de casa. Temos uma partida quarta e vamos em busca da vitória”, disse o treinador.

O próximo compromisso coxa-branca acontece já na próxima quarta-feira (14), às 21h, quando o Coritiba recebe a Portuguesa, também no Couto Pereira. Novamente a presença da torcida e apoio será fundamental para o Alviverde voltar a vencer no Brasileirão e seguir brigando pela liderança.

“Estamos já na décima terceira rodada e não saímos do G4. A torcida tem que acreditar, precisamos da torcida na quarta-feira”, ressaltou Marquinhos Santos.

Gol na primeira etapa define partida

Coritiba e Vasco entraram em campo no Couto Pereira com o objetivo de vencer e melhorar na tabela. O Alviverde sonhando em voltar a liderança, enquanto os cariocas buscavam chegar mais próximo ao G4.

Mesmo atuando fora de casa o Vasco abriu o placar logo aos cinco minutos. Juninho cobrou escanteio da direita, Rafael Vaz cabeceou para o gol,Vanderlei fez um milagre, mas no rebote Pedro Ken empurrou para as redes.

O Coxa tentou reagir dois minutos depois, Alex cruzou na área e o goleiro Diogo Silva afastou na pequena área o perigo. Atrás no placar, o Alviverde tentava a todo momento encontrar espaços na defesa vascaína. Destaque para o meia Lincoln, que foi o jogador mais ativo do meio campo coritibano. Porém, o Verdão teve muitas dificuldades para penetrar na defesa adversária.

Aos 17’, o Vasco chegou com perigo, novamente após cruzamento de escanteio de Juninho Pernambucano. Após sequências de bolas alçadas na área, Vanderlei aliviou o perigo. O Coxa voltou a levar perigo a equipe vascaína aos 26’, quando Victor Ferraz cruzou e Geraldo desviou de cabeça, levando muito perigo. Três minutos depois Geraldo tocou para Diogo, o lateral invadiu a área e cruzou rasteiro, mas a defesa do Vasco cortou o perigo.

Antes do final da primeira etapa, o Verdão teve a melhor chance para empatar. Aos 44’, após confusão na área Deivid tentou bater e a bola sobrou para Alex, o capitão alviverde não conseguiu pegar firme na bola e Diogo Silva salvou o Vasco.

Na segunda etapa, Marquinhos Santos colocou Sergio Manoel e Bottinelli nos lugares de Emerson e Chico. Logo aos dois minutos Deivid foi derrubado na entrada da área. Lincoln cobrou em cima da barreira que claramente se adiantou.

Empurrado pela torcida, o Verdão partiu para cima do Vasco em busca do gol de empate. No entanto o bom posicionamento do time vascaíno não permitia que o Coritiba chegasse com perigo.

Aos 17’, Diogo fez boa jogada e cruzou para Deivid. O camisa nove desviou e a bola passou tirando tinta do travessão. O Vasco respondeu cinco minutos. Fagner apareceu pela direita e acertou uma bomba na trave de Vanderlei.

Querendo o empate, Marquinhos Santos colocou Zé Rafael no lugar de Lincoln, que já tinha cartão amarelo. E foi o prata de casa que cobrou falta da esquerda, aos 28’,  para Leandro Almeida que desviou com muito perigo.

A pressão coxa-branca não surtia efeito, enquanto isso o Vasco levava grande perigo no contra ataque. Nos minutos finais a tônico da partida permaneceu a mesma. O Coritiba tentava a pressão na base do abafa e os cariocas assustavam no contra ataque.

A última boa chance do Coxa foi aos 41 minutos. Victor Ferraz avançou pela direita e soltou uma que passou muito perto do gol de Diogo Silva. Dois minutos depois Vanderlei fez uma defesa fantástica, ao defender cara a cara o chute de Marlone. A partida ficou mesmo em Coritiba 0X1 Vasco.