CORITIBA FOOT BALL CLUB

Skyscraper Fim do Boleto
Elenco - Bruno Moraes

05/02/2015 22:47:00 ( atualizada em 05/02/2015 23:12:50 )

Experiência com vitória

Experiência com vitória
Seu Nome:
Seu Email:
Mensagem:
Marque a opção abaixo

Sob a atenção de Medina, Coritiba Sub-23 conquista vitória em jogo-treino por 3 a 0 sobre o Fanático

A equipe Sub-23 do Coritiba entrou em campo nesta quinta-feira (05), no estádio Angelo Antonio Cavalli, às 19h30, para a realização de um jogo-treino contra o Fanático Futebol Clube, de Campo Largo. O jogo, que terminou em 3 a 0 para o Coxa, foi um importante teste para a sequência da preparação da categoria.

A partida foi acompanhada de perto pelo CEO do clube, João Paulo Medina, pelo coordenador técnico, André Mazzuco, além do auxiliar técnico da equipe profissional, Marcelo Serrano, e do preparador de goleiros, também da equipe profissional, Rogerio Maia.  
2 a 0 em 2 minutos

A equipe comandada pelo técnico Tcheco veio a campo com: Rafael Martins; Rodrigo, Jean, Juninho e Henrique; Ícaro, Misael, Guilherme Paraguaio e Diogo Sodré, Felipe Bezerra e Luizinho.

Sob os gritos de “Coxa, Coxa-Doido” das crianças da Escola Coxa de Campo Largo, foi o Coritiba quem teve as melhores chances de gol, pressionando o Fanático durante todo o primeiro tempo. Aos 16 minutos, veio a primeira chance: Diogo Sodré recebeu na grande área e chutou forte, mas a bola bateu nas redes pelo lado de fora. Sodré também teve chance de abrir o placar aos 21’, depois de cabecear para fora. Numa das poucas chances do Fanático, Rafael Martins apareceu bem, frente a frente com o atacante, para defender uma bola difícil.

Depois, Ícaro, aos 30’ e Guilherme Paraguaio, aos 38’ também tiveram a chance de começar a contagem. Mas foi só aos 41’ que a superioridade alviverde em campo se reverteu em gol: Felipe Bezerra roubou a bola do defensor, avançou pela grande área e chutou no canto esquerdo do gol: 1 a 0.

A torcida, presente em bom número na arquibancada, mal tinha começado a comemorar quando veio o segundo gol. Aos 42’, Henrique cruzou e Luizinho, após dominar com tranquilidade, colocou a bola para o fundo das redes: 2 a 0.

Diogo Sodré fecha a conta

O Coritiba voltou a campo com a mesma formação e pressionando novamente. Aos 11 minutos, o técnico Tcheco promoveu as primeiras substituições, para que todos os relacionados pudessem aproveitar o jogo-treino: saíram Guilherme Paraguaio, Luizinho, Felipe Bezerra e Ícaro, para a entrada de Luccas Barreto, Jean Lucas, Thiago e Elivelton.

Aos 17’, Diogo Sodré, após cruzamento perfeito de Rodrigo, marcou o último gol da partida. Ainda deu tempo do goleiro Rodrigo entrar no lugar de Rafael Martins, e dos jogadores que haviam saído anteriormente voltarem ao jogo: Guilherme Paraguaio, Felipe Bezerra, Luizinho e Ícaro no lugar de Diogo Sodré, Juninho, Rodrigo Ramos e Misael.

Ao final da partida, o técnico Tcheco ressaltou para os jogadores a importância deles terem levado o jogo-treino a sério, tendo em vista que o Fanático é uma equipe do futebol amador do Paraná. Quem também falou com os atletas foi Medina, que destacou a importância do trabalho realizado na categoria Sub-23.