CORITIBA FOOT BALL CLUB

Skyscraper Fim do Boleto
Elenco - Chiquinho

03/05/2015 18:26:00 ( atualizada em 04/05/2015 09:55:55 )

Artilheiro prata da casa

Artilheiro prata da casa
Seu Nome:
Seu Email:
Mensagem:
Digite o que vê nas imagens abaixo?

Rafhael Lucas fica com a artilharia do Paranaense com 12 gols marcados

O Coritiba não conseguiu o resultado que almejava no Campeonato Paranaense,  com isso o Operário ficou com a vitória. Mas se a taça não veio, a artilharia da competição ficou com o prata da casa, Rafhael Lucas.

Com 12 gols feitos na competição, o atacante coxa-branca não comemorou a marca, já que o desejo maior era mesmo o título. "Fico triste por termos perdido o título, mas contente com a marca alcançada. Fiz uma boa competição e consegui chegar aos gols com o apoio dos meus companheiros", destacou.

Rafhael Lucas é seguido por Douglas, do Operário, que somou 8 gols, Netinho, do JMalucelli, com 6 gols, e Rafael, do Maringá, também com 6 gols. Uma marca importante para o atacante em início de carreira.

Alguns já tratam o prata da casa como novo ídolo do Coritiba. Em uma lista na qual figuram Alex, Cleber Arado, Pachequinho, Lela, Tostão, Aladim, Krüger entre tantos outros, ser considerado um novo ídolo não é assim tão simples. Mas "Cabeça", como é conhecido pelos companheiros de grupo, tem os pés no chão e sabe que é preciso seguir fazendo um bom trabalho para buscar ainda mais com o Coxa.

"Agora nós vamos pensar na Copa do Brasil, que já é na quarta-feira temos uma competição muito difícil, uma partida contra o Fortaleza fora de casa", apontou o atacante.

Rafhael Lucas, que hoje tem 22 anos, chegou ao Coxa ainda criança, com apenas nove anos de idade e construiu uma história de muitos gols na base coxa-branca. Foi artilheiro do Metropolitano Sub-15, com 24 gols, recorde absoluto da competição. No Sub-17, o atacante também foi o goleador máximo, desta vez com 25 gols, quebrando um recorde, que pertencia ao Keirrison.

No Sub-20, Rafhael Lucas por duas vezes chegou com o Coxa nas semifinais do Brasileiro Sub-20 e ainda foi decisivo na conquista do estadual de 2012. Dentro de seu processo de formação atuou por empréstimos por equipes do estado do Paraná, com o Júnior Team e Arapongas.

Em sua primeira oportunidade como profissional acabou lesionando o joelho e ficou afastado do futebol por uma temporada. Voltou com força neste ano e teve bons momentos no Campeonato Paranaense.