CORITIBA FOOT BALL CLUB

Skyscraper Fim do Boleto
Elenco - Igor Paixão

04/02/2018 17:45:00 ( atualizada em 05/02/2018 13:33:39 )

Homenagem ao Jairo

Homenagem ao Jairo
Seu Nome:
Seu Email:
Mensagem:
Marque a opção abaixo

Antes de a bola rolar no Atle-Tiba deste domingo, Coritiba iniciou série de homenagens aos ídolos coxas-brancas. O primeiro homenageado foi o ex-goleiro Jairo

Um momento muito especial marcou o domingo (04) coxa-branca. Minutos antes de a bola rolar para o Atle-Tiba, uma justa homenagem foi prestada à Jairo, ex-goleiro e ídolo do Coritiba. Das mãos do presidente do clube, Samir Namur, no gramado do Couto Pereira, o craque recebeu uma placa de agradecimento pelos 410 jogos oficiais disputados com a camisa do Verdão.

"Este é um momento de muita felicidade, que vai ficar para sempre guardado em meu coração", agradeceu Jairo. "Parabenizo a diretoria pela iniciativa. Estas coisas funcionam quando acontecem enquanto estamos vivos. Tenho certeza que os demais homenageados também ficarão felizes", brincou o craque. 

Também participaram da ação os vice-presidentes do Coritiba, Jorge Durao e Anibal Mesquita. Esta foi a primeira de uma série de homenagens que devem ser promovidas pelo clube nos próximos jogos no Couto Pereira. O objetivo é exaltar e registrar a história destes importantes jogadores que passaram por aqui.

"Esta ideia tem tudo a ver com a preservação da história de um clube gigante, com muita tradição, muitos ídolos, que é o Coritiba. Nós escolhemos o Jairo por primeiro por toda a trajetória dele, pelos títulos e por ser o atleta que mais vestiu a nossa camisa. Teremos outros homenageados. É uma longa lista de ídolos que construíram uma história aqui, conquistaram títulos e que serão homenageados também", explica o presidente do Coritiba, Samir Namur. 

Quem compareceu no estádio, ainda pode levar para casa um copo personalizado do goleiro Jairo, que estava sendo vendido nas lanchonetes do estádio. 

Sobre Jairo

Catarinense de Joinville, Jairo foi revelado no Caxias. Aos 21 anos foi para o Fluminense, do Rio de Janeiro. Depois, durante cinco anos o goleiro fechou o gol do Coritiba. Herói do Torneio do Povo, Jairo chegou a Seleção Brasileira e foi para o Corinthians. No total, ele defendeu a camisa de nove clubes do Brasil, retornando ao Coxa para encerrar sua carreira como o jogador que mais vestiu a camisa do clube: foram  410 jogos! 

Sua estreia com a camisa alviverde foi no dia 09 de fevereiro de 1972, em um amistoso entre Coritiba e seleção do Zaire, que terminou empatado em 3x3. Foram seis títulos estaduais conquistados em 1972, 1973, 1974, 1975, 1976 e 1986. Além disso, Jairo foi campeão do Torneio do Povo, em 1973, e do Centrais Elétricas de Goiás em 1975. O goleiro também conquistou o título da Taça Akwaba, disputada na Costa do Marfim e participou do elenco Campeão Brasileiro em 1985.

Os 152 jogos disputados pelo Campeonato Brasileiro da Série A fazem de Jairo o segundo jogador que mais vestiu a camisa do Coritiba na competição nacional em toda a história. Símbolo para o Coritiba e referência para uma geração de torcedores, Jairo receberá uma justa homenagem da família coxa-branca neste domingo.