CORITIBA FOOT BALL CLUB

Skyscraper Fim do Boleto
Elenco - Nathan

08/06/2018 15:32:00 ( atualizada em 11/06/2018 14:08:24 )

Jogos de sócios no Couto Pereira

Jogos de sócios no Couto Pereira
Seu Nome:
Seu Email:
Mensagem:
Marque a opção abaixo

Associados coxas-brancas que garantiram vaga na ação “Jogue no Couto” aproveitaram este sábado para jogar futebol no gramado da casa do Coritiba

No vestiário da equipe principal do Coritiba, o clima estava descontraído, na manhã deste sábado (09). Afinal, foi ali o início de um dia inesquecível para 100 associados coxas-brancas, que entraram em campo, em pleno Couto Pereira, para vivenciar um pouco do ofício de um jogador de futebol.

Logo no início da manhã, com os atletas do dia devidamente posicionados no campo, o toque do hino nacional pôde ser ouvido no estádio, assim como acontece nas partidas oficiais. Depois, a bola rolou para os jogos dos sócios. Foram cinco, no total, sendo que o último terminou por volta das 14h da tarde.

“É bem gratificante e emocionante esta oportunidade porque há 25 anos eu frequento esse

lugar, então é muito legal. Foi a primeira vez que eu tive a oportunidade de entrar no gramado, e já no primeiro lance, meio que sem querer, acabou saindo o gol”, comemorou o sócio Rafael Picolo Kat.

Os participantes resgataram a vaga para a ação no programa Goleada Coxa Branca. O valor deste resgate para todos os sócios é 6 mil gols, mas quem pagou a anuidade garantiu 50% de desconto para o resgate desta experiência ou qualquer outro item da lista.

Andressa Karoline Possebon Kreusch, Alexandre Lass, Avelino Elias Martins de Souza, Fabiano Marques Izar e Giovanni Bonato, ganharam uma vaga no sorteio realizado durante o jogo contra o Vila Nova, no Couto Pereira.

"O nosso objetivo sempre foi aproximar os torcedores, principalmente os sócios, do clube. Eu já tive a oportunidade de jogar aqui e sei que é muito emocionante. Vamos continuar promovendo ações como esta", destacou o vice-presidente do Coritiba, Eduardo Bastos de Barros.

Torcedores à distância

Teve torcedor que, mesmo morando morando distante, fez questão de resgatar a experiência para sentir de perto a emoção de jogar no Couto. Casos de Marcelo Jorge Haviaras Ferreira, de São Paulo, e Pedro Henrique Costodio Rodrigues, de Brasília.

A gente sempre dá um jeito de acompanhar o Coxa, eu sempre viajo quando o time joga nas cidades mais próximas. Achei essa ação muito legal e não poderia deixar de participar", comemorou Rodrigues.

Veja como foi: